Close

O que são as obras de Misericórdia?

O que são as obras de Misericórdia?

 As obras de misericórdia são ações caridosas pelas quais vamos em ajuda do nosso próximo, nas suas necessidades corporais e espirituais. Instruir, aconselhar, consolar, confortar, são obras de misericórdia espirituais, como também o são perdoar e sofrer com paciência. As obras de misericórdia corporais consistem especialmente em dar de comer a quem tem fome, albergar quem não tem teto, vestir os nus, visitar os doentes e os presos, sepultar os mortos. Entre estes gestos, a esmola dada aos pobres é um dos principais testemunhos da caridade fraterna e também uma prática de justiça que agrada a Deus. Catecismo da Igreja Católica, 2447

É meu vivo desejo que o povo cristão reflita, durante o Jubileu, sobre as obras de misericórdia corporais e espirituais. Será uma maneira de acordar a nossa consciência, muitas vezes adormecida diante do drama da pobreza e de entrar cada vez mais no coração do Evangelho, onde os pobres são os privilegiados da misericórdia divina.

A pregação de Jesus apresenta-nos estas obras de misericórdia, para podermos perceber se vivemos ou não como seus discípulos. Redescubramos as obras de misericórdia corporais: dar de comer aos famintos, dar de beber aos sedentos, vestir os nus, acolher os peregrinos, dar assistência aos enfermos, visitar os presos, enterrar os mortos. E não esqueçamos as obras de misericórdia espirituais: aconselhar os indecisos, ensinar os ignorantes, admoestar os pecadores, consolar os aflitos, perdoar as ofensas, suportar com paciência as pessoas desagradáveis, rezar a Deus pelos vivos e defuntos.” Papa Francisco, Bula Misericordiae Vultus.

Quais são as obras de misericórdia?

Há catorze obras de misericórdia: sete corporais e sete espirituais.

Obras de misericórdia corporais:     corporais 300x300dpi-13 corporais 300x300dpi-14

1) Dar de comer a quem tem fome

2) Dar de beber a quem tem sede

3) Vestir os nus

 

 

4) Dar pousada aos peregrinos   corporais 300x300dpi-15 corporais 300x300dpi-16

5) Visitar os enfermos

6) Visitar os presos

7) Enterrar os mortos

 

 

corporais 300x300dpi-17 corporais 300x300dpi-18 corporais 300x300dpi-19

 

 

 

 

 

 

 

Obras de misericórdia espirituais: espirituais 300x300dpi-06 espirituais 300x300dpi-07

1) Dar bons conselhos

2) Ensinar os ignorantes

3) Corrigir os que erram

4) Consolar os tristes

5) Perdoar as injúrias

 

 

espirituais 300x300dpi-09 espirituais 300x300dpi-08

6) Sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo

7) Rezar a Deus por vivos e defuntos.

 

 

 

espirituais 300x300dpi-12 espirituais 300x300dpi-11 espirituais 300x300dpi-10

 

 

 

 

 

 

 

As obras de misericórdia corporais, na sua maioria, surgem de uma lista feita por Jesus Cristo na sua descrição do Juízo Final.

A lista das obras de misericórdia espirituais foi elaborada pela Igreja a partir de outros textos que se encontram ao longo da Bíblia e de atitudes e ensinamentos do próprio Cristo: o perdão, a correção fraterna, o consolo, suportar o sofrimento, etc

Qual é o efeito das obras de misericórdia em quem as pratica?

O exercício das obras de misericórdia comunica graças a quem as pratica. No evangelho de Lucas Jesus diz: “Dai, e dar-se-vos-á”. Portanto, com as obras de misericórdia fazemos a Vontade de Deus, damos algo nosso aos outros e o Senhor promete-nos que nos dará também a nós o que necessitemos.

Por outro lado, uma maneira de ir apagando a pena que fica na alma pelos nossos pecados já perdoados é mediante boas obras. Boas obras são, obviamente, as Obras de Misericórdia. “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia” (Mt.5, 7), é uma das Bem-aventuranças.

Além disso as Obras de Misericórdia vão-nos ajudando a avançar no caminho para o Céu, porque nos vão tornando parecidos com Jesus, nosso modelo, que nos ensinou como deve ser a nossa atitude para com os outros. “Em Mateus, recolhem-se as seguintes palavras de Cristo: “Não façais tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem corroem, e onde os ladrões minam e furtam; fazei antes tesouros no Céu, onde nem a traça nem a ferrugem corroem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”. Ao seguir este ensinamento do Senhor trocamos os bens temporais pelos eternos, que são os que valem verdadeiramente.

Comentário

Coloque o seguinte código de segurança *